Vá para:

Beleza, garra e empoderamento marcam abertura da exposição Dandaras

11/08/2017 por: Comunicação Sindiupes

Beleza e empoderamento das mulheres. Reconhecimento da história e da importância do povo negro. Reafirmação das lutas em defesa dos trabalhadores e da democracia.

Momentos fortes marcaram a noite de lançamento da exposição fotográfica Dandaras-Mulheres Negras da Educação, nesta quinta-feira (10), no Museu Capixaba do Negro, em Vitória, com show da cantora Monique Rocha e performance da atriz Inácia Freitas.

Um grande público prestigiou a abertura da mostra, idealizada pela coordenadora do Coletivo de Combate ao Racismo Rakel Rissi, e promovida com a Secretaria de Combate ao Racismo do SINDIUPES, tendo à frente os diretores Adriano Albertino e Gildo Lyone, com o apoio da CUT e CNTE. 

Trabalhadores/as da educação, dirigentes sindicais, integrantes de movimentos sociais e comunidades tradicionais de matriz africana estavam lá, todos juntos, reafirmando a importância da luta permanente contra o racismo, o preconceito, o machismo, a violência contra a mulher e as desigualdades de gênero e raça.

Assinada pela fotógrafa Márvila Araújo, a exposição retrata 13 mulheres, negras, educadoras, que com suas histórias de vida e sua atuação são exemplos de luta por uma escola e uma sociedade com igualdade racial, representando todas as regiões do Espírito Santo.

É uma homenagem a todas as mulheres, às educadoras, que, no chão da escola, enfrentam uma luta diária contra o racismo e as diferenças de gênero. É uma homenagem a todos os trabalhadores da educação que, diariamente, lutam pela valorização, reconhecimento e respeito.

Na abertura do evento, os diretores do SINDIUPES, Noêmia Simonassi e Adriano Albertino, a representante da CNTE, Ieda Leal e a professora aposentada Solange Ravara também chamaram a atenção para a urgência de mobilização social em defesa dos direitos e da dignidade dos trabalhadores brasileiros, assim como pelo restabelecimento da democracia no país e contra o conservadorismo e os retrocessos que estão sendo impostos pelo ilegítimo governo de Michel Temer e seus aliados no Congresso Nacional. 

Com a parceria do Mucane/Prefeitura de Vitória e Ong Instituto das Pretas, a exposição Dandaras – Mulheres Negras da Educação estará aberta à visitação até 10 de setembro, no Museu, no Centro de Vitória, de terça a sexta-feira, de 12h às 19h. Após esse período, a mostra fará um circuito itinerante por várias cidades capixabas e em outros estados.

       

  

 

 

  

 

                                       

 

     

 

  



Notícias Relacionadas

Curta o Sindiupes no facebook
Receba nossas notícias
Enquete

Quem sofrerá com o ajuste fiscal do ilegítimo Temer?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...