Vá para:

Diretores do Sindiupes tomam posse no Conselho Estadual LGBT

06/10/2017 por: Comunicação Sindiupes

O movimento LGBT capixaba deu um importante passo na luta em defesa dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais no Espírito Santo.

Nesta sexta-feira (06), aconteceu a posse dos membros do Conselho Estadual para a Promoção da Cidadania e dos Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. 

O SINDIUPES, por meio do Coletivo de Diversidade Sexual, é uma das entidades que compõem o Conselho Estadual, e estará representado pelos diretores Tiago Mello (titular) e Menderson Resende (suplente).

Para Tiago Mello, o Conselho Estadual LGBT representa uma conquista histórica para todos/as que lutam contra a LGBTfobia. “O Sindiupes tem vocação para a defesa dos direitos humanos. Fazemos o debate no âmbito do sindicato e agora poderemos contribuir ainda mais em nível estadual neste importante instrumento de efetivação das políticas públicas”, afirma.

             Homenageados

Realizada no auditório do Palácio da Fonte Grande, em Vitória, a posse do Conselho foi marcada também com homenagens a ativistas históricos no movimento social, entre eles, Glorinha, Weyden (Miss Linda), Ariane Meireles, Vanily Borgui, e uma homenagem in memorian à MOA, ativista e 1ª Presidente de Câmara Municipal/LGBT (Nova Venécia).

É a primeira vez que o Espírito Santo terá um conselho destinado a atender às demandas deste segmento da população. Ele é composto por 12 representantes da sociedade civil  e 12 do poder público, e será um espaço democrático para discussão, deliberação e monitoramento de políticas públicas para a população LGBT.

Integram o Conselho Estadual, entidades, organizações e grupos da sociedade civil atuantes na promoção e defesa dos direitos humanos, sobretudo para os grupos mais vulneráveis, e em especial a população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT).

 

   

  



Notícias Relacionadas

Curta o Sindiupes no facebook
Receba nossas notícias
Enquete

Quem sofrerá com o ajuste fiscal do ilegítimo Temer?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...