Vá para:

Informações gerais sobre a Marcha das Mulheres contra o Racismo

22/07/2014 por: Tânia Trento

Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha neste 25/07

Nesta sexta-feira, dia 25/07, Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, mulheres integrante do Núcleo Impulsor da Marcha das Mulheres Negras realizaram um ato público na Praça Costa Pereira, Vitória.

 

 O Dia Inernacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha foi instituído em 1992, no I Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas para dar visibilidade e reconhecimento à presença e a luta das mulheres negras. No Brasil, o dia foi criado em 02 de julho desse ano por meio da lei 12.987, aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

Para a maioria das mulheres negras, no entanto, ainda é muito difícil ser negra e mulher no Brasil.

 

Sindiupes integra Núcleo da Marcha das Mulheres Negras contra Racismo

14/07/2014
A direção colegiada do SINDIUPES, por intermédio da Secretaria de Combate ao Racismo e do Coletivo de Combate ao Racismo e pela Promoção da Igualdade Racial integra o Núcleo Impulsor Estadual. Esse Núcleo é responsável aqui no Espírito Santo pela organização das Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo, a Violência e pelo Bem Viver, que será realizada em Brasília no dia 13 de maio de 2015. O lançamento da campanha nacional será no dia 25 de julho de 2014 e as primeiras reuniões preparatórias no Espírito Santo aconteceram na Casa do Cidadão, em Vitória.
O Núcleo
O Núcleo Impulsor é dividido em comissões sendo que o SINDIUPES participa da comissão de Comunicação. Suas reuniões serão estruturadas conforme as demandas e podem inicialmente serem mensais com diversas ações a serem implementadas. O objetivo do Núcleo Impulsor é sistematizar as informações, orientar suas comissões e tem a tarefa de realizar/implementar as suas deliberações, acompanhar, operar e dar suporte aos núcleos locais de modo a possibilitar que a Marcha das Mulheres Negras seja uma ação efetiva em todas as cidades.
Algumas sugestões de tarefas para serem encaminhadas pelo Núcleo Impulsor são: oficinas (rodas de conversas); seminários; documento base – produção de cartilha pelo Núcleo Impulsor Nacional, tendo com eixo central o Racismo, a Violência e o Bem Estar; festas e atividades culturais que podem servir para aglutinar novas participantes, bem como para angariar fundos para as futuras ações voltadas para a Marcha das Mulheres Negras; manifestos e Folheto de Informações Básicas (FIB).
Marcha das Mulheres Negras
A Marcha dará visibilidade para as mulheres negras, enfatizando as referências de seus ancestrais (alegria, resiliência e beleza) e dignidade. Também tem por finalidade lutar por garantir os espaços de cidadania e cobrar que sejam ampliados direitos já conquistados; conquistar respeito às legislações existentes e ampliá-las; manter a ideia de coletividade, resistência e luta, poder força e trabalho (potencial revolucionário); garantir diversidade (geracional, rural, urbana, orientação sexual e biodiversidade); continuidade (reparação histórica e a reparação de nossa existência) e sedimentar a visão de que a mulher negra se tornou o grande alicerce da construção da sociedade brasileira.
A Marcha das Mulheres Negra abrirá um legue de ações, focando inicialmente nas Mulheres Negras “Sem Voz” e nas que fazem a militância.
As demandas estão surgindo e os encaminhamentos propositivos serão sempre bem-vindos. Sua participação é fundamental para que seja dada voz às mulheres negras que são silenciadas pelas agressões físicas, psicológicas e estruturais. Que essas mulheres sejam protagonistas de seu próprio tempo e, com isso,
Sindiupes em Marcha..

 

2ª Preparatória do Estado para a Organização da Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo, a Violência e pelo bem Viver
No dia 07/07/2014, foi realizada a 2ª reunião preparatória para a organização da Marcha das Mulheres Negras cntra o Racismo, a Violência e pelo bem Viver. A reunião foi no auditório da SEMCID, na Casa do Cidadão em Vitória-ES, às 19h15min ,e contou com a presença 17 de pessoas de diversos segmentos e instituições e representantes da UGT do sul do Estado.


Informes da Reunião
Data da próxima reunião; 14/7/07/2014, às 19 horas, a confirmar local – Lanche coletivo e compartilhado;
21/07/2014 – A confirmar local;
Após dia 25/07/2014 – As reuniões deverão ser quinzenais;
Lançamento Nacional da Marcha das Mulheres Negras será dia 25/07/2014;
Atividades: Lançamento do Manifesto na Praça Costa Pereira – Ato de panfletagem na Praça Costa Pereira das 11h até 13h e participação no evento da UNEGRO de noite (No Hotel Canto do Sol em Jardim Camburi);
19/07/2014: Arraiá dos Povos de Matriz Africana – Cariacica;
31/07/2014: Posse do Conegro;
24/07/2014: Sessão solene para homenagear as mulheres negras;
24 a 26/07/2014: Semana de atividades em homenagem ao dia da Mulher Negra Latino Caribenha na Serra;
16/07/2014: I Seminário Estadual de Educação Escolar Quilombola que objetivará discutir as Diretrizes Curriculares Nacionais e sua implementação no Estado do Espírito Santo.

Sites falando sobre a marcha:
https://www.facebook.com/events/810699722288599/815066535185251/?notif_t=like (evento criado por Pandora)
2015 – Marcha das Mulheres Negras (face);
http://institutoodara.org.br/rede-de-mulheres-negras-da-bahia-articula-mobilizacao-da-marcha-pelo-bem-viver-2015/
http://correionago.ning.com/profiles/blogs/2015-marcha-das-cem-mil-mulheres-negras-em-bras-lia
http://arquivo.geledes.org.br/areas-de-atuacao/questao-racial/afrobrasileiros-e-suas-lutas/21854-boletim-iii-conapir-mulheres-negras-anunciam-marcha-contra-o-racismo-a-violencia-e-pelo-bem-viver
http://premioabdiasnascimento.org.br/w/noticias-do-premio/330-04-07-marcha-das-mulheres-negras-2015
http://elegbaraguine.wordpress.com/2013/11/25/marcha-das-mulheres-negras-2015/

Deliberações da Reunião
Criar grupo de e-mail para circular informes referentes à Marcha;
Encaminhar material da 2ª Reunião Nacional para os participantes do Núcleo Impulsor do Estado do Espírito Santo;
Consultar o Núcleo Impulsor Nacional da Marcha das Mulheres Negra 2015 sobre o material oficial de mobilização e lançamento do manifesto;
Encaminhamentos com as informações que deverão constar no material de divulgação do manifesto (Folder, Panfletos, Cartazes para fixar em Locais Públicos e Outros), após consulta ao Núcleo Impulsor Nacional;
Produzir Texto do Manifesto para ser distribuído nas atividades da Marcha;
Solicitações referentes à infraestrutura para atividades do dia 25 de julho de 2014.

 

Comissões
Comunicação: Pandora, Ana Tinoco e Carlos Américo
Mobilização: Anita Falcão, Val Andrelino, Kátia e Marilene Santos, Ana Lúcia e Neiriele Marques
Infra-estrutura e capitação de recursos: Leonor Araujo, Olindina e Silvana e Maria da Penha Gaspar
Eventos: Marilene Pereira e Vilmara Claudino de Souza

Reunião na CUT sobre o tema
Nesta terça-feira, diversos Coletivos estiveram reunidos no prédio da Central Única dos Trabalhadores (CUT), para deliberarem novas ações conjuntas de trabalho no Espírito Santo, com uma pauta longa ainda neste ano de 2014, com seminários, como o que vai ocorrer no dia 18 de Julho da Universidade Federal do Espírito Santo e nas ações preparatórias para a Marcha das Mulheres Negras em Brasília em 2015, essas ações conjuntas serão realizadas com o intuito de reforçar as políticas afirmativas e que tragam melhorias aos/as trabalhadores/as e a sociedade.



Notícias Relacionadas

Curta o Sindiupes no facebook
Receba nossas notícias
Enquete

Quem sofrerá com o ajuste fiscal do ilegítimo Temer?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...