Vá para:

Outubro Rosa – Luta contra o câncer de mama e em defesa do SUS

02/10/2017 por: Comunicação Sindiupes

“Outubro Rosa” é uma campanha mundial de prevenção contra o câncer de mama que teve início na década de 90 e chegou ao Brasil em 2002, tendo como objetivo a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de Mama. O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil: responde por cerca de 25% dos casos novos a cada ano. É uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor.

A CNTE e o SINDIUPES reconhecem a importância da campanha e encoraja todas as mulheres, em especial as trabalhadoras em educação, para realizarem seus exames regularmente, pois quanto mais cedo é feito o diagnóstico há mais chances de tratamento e cura.

A Secretaria de Gênero do SINDIUPES também alerta para o fato de que 8,5 milhões de mulheres brasileiras não conseguem fazer o exame de mamografia no SUS-Sistema Único de Saúde. Essa grave situação exige de toda a sociedade uma reação contra as políticas atuais de desmonte do SUS-Sistema Único de Saúde, que vem sendo patrocinada pelos governos federal e estadual por meio do sucateamento do setor e de cortes nos investimentos. 

 

Mamografia
Todas as mulheres, independentemente da idade, podem conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres.Para mulheres entre 50 e 69 anos, a indicação do Ministério da Saúde é que a mamografia de rastreamento seja realizada a cada dois anos. Esse exame pode ajudar a identificar o câncer antes do surgimento dos sintomas.

O Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita de exame de mamografia para as mulheres brasileiras em todas as faixas etárias. A recomendação, por parte dos médicos, é que a avaliação seja feita antes dos 35 anos somente em casos específicos.

Sintomas
Durante o autoexame, é possível verificar se há indício de alguns dos sintomas, como presença de caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo); e pequenos nódulos localizados embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço.

Histórico
O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. Na época, uma organização de prevenção ao câncer de mama organizou um corrida de 5km para conscientizar a população sobre os riscos da doença. Nesta corrida, realizada em Nova Iorque, foram distribuídos laços rosas para os participantes.

A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama e promover a conscientização sobre a importância de a mulher conhecer suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas.



Notícias Relacionadas

Curta o Sindiupes no facebook
Receba nossas notícias
Enquete

Quem sofrerá com o ajuste fiscal do ilegítimo Temer?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...