Vá para:

Servidores públicos estaduais terão reajuste de 5% a partir deste mês

02/04/2018 por: Comunicação Sindiupes

Trabalhadores/as e SINDIUPES, em frente ao Palácio Anchieta, em Ato por reajuste e valorização profissional

Os/as servidores/as públicos estaduais – entre eles os/as trabalhadores/as em educação -, da ativa e aposentados/as, terão reajuste salarial de 5% a partir do pagamento deste mês. O anúncio foi feito pelo governo do Estado nesta segunda-feira (02). O último reajuste para os servidores, de 4,5%, ocorreu em abril de 2014, e a inflação acumulada nesse período – abril de 2014 a fevereiro de 2018 – já chega a 26,88%.

 O reajuste é um dos pontos da Pauta de Reivindicações da Rede Estadual que vem sendo negociada, permanentemente, pelo SINDIUPES desde o início do atual governo de Paulo Hartung. Também foi anunciado um ajuste do bônus desempenho para o/a professor/a – coletivo e individual -, que passou de 01 salário para 1,5 salário por ano. 

A expectativa da Direção Executiva do Sindicato era para um índice de reajuste maior – pelo menos 10% – pois a categoria passou os últimos quatro anos sem qualquer aumento nos salários. Além disso, o índice anunciado também está abaixo das perdas referentes ao reajuste do Piso Salarial Nacional do Magistério, desde a criação da Lei do Piso em 2008.

A Direção do SINDIUPES entende que, apesar de não contemplar as demandas da categoria, o percentual  precisa ser considerado, principalmente diante da atual conjuntura em que vigora a famigerada Emenda Constitucional – EC 95, do desgoverno Temer. Aprovada por deputados federais e senadores, a EC 95 congela por 20 anos os investimentos nas Educação, Saúde e Segurança, e impede que Estados e municípios recorram ao governo Federal em caso de aumento salarial. 

Mesmo com o anúncio de 5% de reajuste no salários, as negociações não estão esgotadas. O SINDIUPES continuará lutando e cobrando do governo do Estado todos os demais pontos da Pauta de Reivindicações da Rede Estadual, bem como a ampliação de benefícios e direitos dos/as trabalhadores/as em educação. A qualidade da Educação depende exclusivamente da valorização dos/as nossos/as trabalhadores/as em educação.



Notícias Relacionadas

Curta o Sindiupes no facebook
Receba nossas notícias
Enquete

Quem sofrerá com o ajuste fiscal do ilegítimo Temer?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...