Vá para:

SINDIUPES e governo Casagrande abrem diálogo sobre reivindicações da rede estadual

13/03/2019 por: Comunicação Sindiupes

A primeira audiência da Diretoria Colegiada do SINDIUPES com a equipe do governo Casagrande foi marcada pela disposição para o diálogo e negociação das reivindicações dos/as trabalhadores/as em educação da Rede Estadual. 

A audiência aconteceu nessa terça-feira (12), na sala de reuniões da SEDU, com representantes da SEDU-Secretaria de Educação, SEGER-Secretaria de Gestão e Recursos Humanos e SEFAZ-Secretaria da Fazenda.

O secretario de Educação Victor Amorim e os demais representantes do governo demonstraram interesse em discutir e buscar soluções para as reivindicações da categoria, e manter um canal permanente de diálogo com a categoria e com o SINDIUPES. 

Representaram o Sindicato na audiência os/as diretores/as Heloísa Vaillant, Ildebrando Paranhos, Júlio Alves, Lorraine Rangel e Noêmia Simonassi. Eles apresentaram e argumentaram sobre todos os pontos da Pauta da Rede Estadual, encaminhada antecipadamente à SEDU.

Nesse primeiro encontro, priorizou-se alguns pontos da Pauta, sendo que os demais serão discutidos em uma nova audiência a ser agendada.

Confira as informações:

1- CORREÇÃO DO PISO NACIONAL ( PSPN) com índice do MEC de 4,17%-  O governo está fazendo os cálculos do montante de valores para definir a data de pagamento. Afirmaram que estão agilizando para efetuar o pagamento, sendo retroativo a janeiro de 2019, com perspectiva para o mês de abril.

2- PAGAMENTO DO PISO NA CARREIRA: As argumentações necessárias foram feitas pelos representantes do SINDIUPES, inclusive citando a condenação do Estado pela justiça para pagamento do piso na carreira com as diferenças salariais retroativas a 2011. O secretário ficou sensível com a situação dos professores/as ativos e aposentados, de diversos níveis e referências, para receberem o mesmo salário ( inicial das carreiras de quem tem o magistério).

3- REENQUADRAMENTO – A equipe da SEGER está tomando conhecimento do assunto. Quanto aos processos já analisados serão agilizados os cálculos do montante. Assim que tiverem o aval da equipe de planejamento, estarão comunicando ao sindicato.

4- LIBERAÇÃO para os trabalhadores/as participarem das atividades do SINDIUPES ( congressos, assembleias, simpósios, etc). Após explicação dos diretores sindicais, o secretário de Educaçõ não viu nenhum problema neste tipo de liberação para os trabalhadores/as em educação filiados ao SINDIUPES. A SEDU vai encaminhar ofício ao sindicato com a resposta oficial.

5- FECHAMENTO DE ESCOLAS, TURMAS, TURNOS – Os representantes do governo informaram com bastante ênfase que esse tipo de ação não será politica de governo.

6- TIPOLOGIA DAS ESCOLAS – A SEDU já estão fazendo estudo sobre a tipologia, incluindo também as escolas do campo.

7- LEI 10.639 – Segundo os representantes do governo, não haverá dificuldades em implementar a lei, até porque com a reformulação do ensino médio, existe essa possibilidade.

8- FÓRUM ESTADUAL DE EDUCAÇÃO (FEE) – Previsão de reunião no mês de maio

Em relação a Projetos, Programas de Estado e Convênios, a perspectiva é de continuidade, entre eles: ESCOLA VIVA e PAES. 

Os demais pontos da Pauta de Reivindicações (pagamento de precatórios, acordo ação celetista, ação celetista 2000)  tiveram uma discussão inicial e serão detalhados na próxima audiência para dar continuidade às negociações.

A SEDU encaminhará oficio ao SINDIUPES com sugestão de um cronograma de reuniões de negociação permanente.

 

 

 



Notícias Relacionadas

Curta o Sindiupes no facebook
Receba nossas notícias
Enquete

A Vale será punida pelo rompimento em Brumadinho (MG)?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...