Vá para:

SINDIUPES participa de audiência com IPAJM e equipe de governo

05/03/2018 por: Comunicação Sindiupes

A Direção Colegiada do SINDIUPES participou de audiência com representantes do IPAJM e da equipe do governo no dia 02 de março. Estiveram presentes o presidente do IPAJM, Anckimar Pratissoli, além de representantes do Departamento Jurídico do IPAJM e da Diretoria Técnica.

Representaram a SEDU João Pires e a SEGER, Francisco Silva. Representaram a Direção Colegiada do SINDIUPES os/as diretores/as: Noêmia Simonassi, Gean Carlos Nunes, Catarina Sthingel, Mary Bittencourt, Heloísa Vaillant, Lorraine Rangel e Donato Timóteo. Como representante do Departamento Jurídico do SINDIUPES, o advogado Pedro Azevedo.

Na audiência, foi informado que para o servidor obter informações sobre o andamento do seu processo ou tirar dúvidas relacionadas à aposentadoria, ele pode solicitar ao atendente, por telefone, que precisa informar à Ouvidoria ( agora são dois servidores para atendimento) ou agendar um horário para atendimento pessoal com um dos técnicos do Instituto. A servidora do IPAJM, srª Rosa está disponível para fazer esse atendimento. Basta agendar por telefone um horário para esse atendimento individual.

Também foi implantado o sistema de avaliação do atendente e dos serviços prestados. Terminando o atendimento, o servidor poderá preencher o formulário informando como foi atendido.]

PONTO 1:
ATENDIMENTO AOS SERVIDORES NO IPAJM :
•Segundo informações da equipe do Instituto já foram providenciadas algumas alterações para melhorar o atendimento ao público:
A) Os técnicos que faziam o atendimento foram transferidos para o setor de análise de processos para agilizar os mesmos e os serviços de atendimento foram terceirizados, tanto na recepção do IPAJM (agora com 21 atendentes), como por telefone. Mas acreditam que no prazo de três meses resolverão todos os problemas e agilizarão ainda mais o atendimento;
B) Para saber o andamento de processos ou fazer agendamento para atendimento, foi instalado o serviço de tele-atendimento pelo número 0800 283 6640 (somente ligações de telefone fixo) ou pelo número 3636-4201 (de telefone fixo ou celular, não podendo ser ligação a cobrar).
C) O horário de atendimento ao público foi ampliado. Agora o atendimento é de 8h às 18 horas para melhor atender os servidores e principalmente os servidores públicos do interior.

PONTO 2:
• ATENDIMENTO NA PERÍCIA MÉDICA  
– Em atendimento às denúncias feitas pelo SINDIUPES (mais de uma vez), a equipe do IPAJM solicitou que seja colocado o nome do médico que fez o atendimento na perícia, para que sejam tomadas as devidas providências.
– A direção colegiada do SINDIUPES solicita aos trabalhadores/as em Educação, que não foram tratados com dignidade pela perícia médica, para que façam a denúncia por email, por telefone ou pessoalmente na sede do Sindicato, que será encaminhada ao Instituto, sem identificar o servidor, para evitar constrangimento na próxima perícia

 PONTO 3:
• CONTRACHEQUE DOS APOSENTADOS/AS
– A equipe do Instituto informou que ocorreu um problema no sistema, mas que o mesmo já foi resolvido.
Como ainda existem aposentados que não estão recebendo o contracheque em casa, solicitaram que o SINDIUPES divulgue nos meios de comunicação (site, redes sociais) e também nas assembleias para que as pessoas entrem em contato com o Instituto e informem seu endereço correto. O servidor pode ligar para o Instituto ou para o SINDIUPES, atualizando seu endereço. Eles alegaram que muitos contracheques voltam em razão do endereço estar incompleto.
– O SINDIUPES fará essa parceria com o IPAJM para a divulgação e também para atualização dos endereços . O formulário será feito e entregue nas assembleias e nas visitas às escolas. Também ficarão na sede e nas subsedes do sindicato para que as pessoas possam colocar seus endereços corretos e recebam os contracheques em sua residência.

PONTO 4
• ANDAMENTO DOS PROCESSOS – (MOROSIDADE NA CONCLUSÃO)
– Com a reestruturação no atendimento a equipe informou que conseguiram agilizar os processos. A análise para a concessão da CTC (certidão de tempo de contribuição) e CTS-Certidão de Tempo de Serviço, que demorava em média 8 meses, está praticamente em dia. A análise ocorre dentro do mês.

PONTO 5
•RECADASTRAMENTO DOS APOSENTADOS.
– Esse recadastramento é feito a cada 5 anos. O próximo ocorrerá em 2019. Durante todo o ano de 2019, a partir do mês de janeiro.
Está em negociação uma parceria com os bancos onde o servidor recebe seu salário para evitar deslocamento dos aposentados até ao Instituto. Caso não consigam essa parceria com os bancos, serão disponibilizadas equipes para o interior do Estado com o objetivo de fazer esse recadastramento. Mas somente a partir de 2019.

PONTO 6
• PROTOCOLO DE DOCUMENTOS NO IPAJM
– Documentos e processos a serem protocolados no IPAJM poderão ser feitos por terceiros (filhos, parentes, amigos, etc), desde que seja somente para protocolar.
– Caso o terceiro queira verificar o andamento de processos ou retirar a documentação do Instituto, deverá ter autorização por escrito do servidor com firma reconhecida.
Lembrando que para consultar o andamento de processo, isso pode ser feito por telefone pelo teleatendimento.

PONTO 7
•DEVOLUÇÃO DOS VALORES DESCONTADOS DOS/AS APOSENTADOS/AS/IPAJM ( processo judicial)
– Segundo os representantes da SEDU, SEGER e do IPAJM, uma reunião será agendada ainda no mês de março com a Procuradoria do Estado para negociaar a devolução dos valores.
– De acordo com Francisco da equipe da Seger, outros estados e municípios que passaram por essa mesma situação já providenciaram essa devolução, e que é interesse do governo resolver essa situação no Espírito Santo.

 



Notícias Relacionadas

Curta o Sindiupes no facebook
Receba nossas notícias
Enquete

Quem sofrerá com o ajuste fiscal do ilegítimo Temer?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...