Vá para:

Violência no entorno das escolas: problema antigo que exige solução imediata

15/02/2018 por: Comunicação Sindiupes

O ano letivo de 2018 está apenas iniciando, mas a violência continua afetando o dia a dia da comunidade escolar. Nesta quinta-feira (15), estudantes e trabalhadores/as da Unidade Municipal de Ensino Fundamental (Umef) Edson Tavares de Souza, no bairro Vila Nova, viveram momentos de terror diante de tiros disparados em frente à unidade. 

O motivo foi uma perseguição policial a um suspeito de furtar uma moto na região. Era hora do recreio quando um dos tiros acertou o portão da escola, o que levou crianças e professores/as a se jogarem no chão para se protegerem. Apesar do pânico, felizmente, ninguém foi atingido pelos tiros dentro da escola. 

O SINDIUPES avalia esse episódio como grave e preocupante, pois a violência que ocorre dentro e no entorno das escolas é um problema antigo que afeta as escolas públicas das Redes Municipais e Estadual no Espírito Santo. Além dos prejuízos materiais, toda a comunidade escolar sofre diante dos traumas psicológicos causados pela onda de assaltos, arrombamentos e furtos frequentes. 

Nesse sentido, a Direção Colegiada do SINDIUPES repudia a criminalidade que assola a sociedade capixaba, com reflexos direto nas escolas e no seu entorno, e exige dos governantes uma política de segurança pública séria, permanente e eficiente para prevenir e reduzir os índices de criminalidade. Somente assim será possível garantir uma clima de paz e segurança aos/às trabalhadores/as em educação, estudantes e a toda a comunidade escolar no Espírito Santo. 

 



Notícias Relacionadas

Curta o Sindiupes no facebook
Receba nossas notícias
Enquete

Quem sofrerá com o ajuste fiscal do ilegítimo Temer?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...