Combate à violência na escola

O coletivo foi criado no mês de maio de 2013 e estudará a questão da violência escolar e a defesa da vida de professores e professoras no Espírito Santo. O coletivo surgiu a partir da Comissão criada após o brutal assassinado do professor Guillherme de Almeida Filho, no dia 8 de maio.

 

Atividades desenvolvidas:

  • Participação na Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Estado (ALES), organizada pela CUT em parceria com a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), no dia 12 de setembro de 2013.
  • Instituição do dia 8 de maio como o Dia de Combate à Violência nas Escolas, a partir de proposição do magistério,  na audiência pública da ALES em 2013.
  • Ato público contra a violência no ambiente escolar no dia 08 de maio de 2014. (para visualizar o panfleto, clique aqui)
  • Organização da Audiência Pública na Câmara Municipal de Vitória no dia 19 de maio de 2014, junto com o gabinete do vereador Reinaldo Bolão: Folder, Faixa.


Curta o Sindiupes no facebook
Receba nossas notícias
Enquete

Quem sofrerá com o ajuste fiscal do ilegítimo Temer?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...